O3R - Geradores de Ozônio

Aplicação do ozônio em Efluentes

Aplicação do Ozônio em Efluentes

O tratamento de efluentes por processos oxidativos avançados – POAs é a tendência para o futuro das indústrias, seja por razões ambientais, econômicas ou tecnológicas como a intensificações de plantas, redução de volumes e custos e aumento da eficiência.

A aplicação de ozônio no tratamento de efluentes é um dos processos oxidativos avançados de grande eficiência, baixo custo operacional e relevante apelo ambiental por evitar o uso desenfreado de agentes químicos e garantir a destruição de quaisquer patógenos ou agente poluentes.

O ozônio tem atuação sobre todos os parâmetros de monitoramento ambientais atualmente em vigor (Resolução CONAMA 430) além de proporcionar sanitização em caso de efluentes com contaminantes biológicos.

Ideal para ser aplicado em todo tipo de indústria, a taecnologia de ozônio apresenta excelência em diferentes processos:

  • Metal mecânica e galvanoplastia com redução completa dos metais ( ferro, manganês)  e cianetos;
  • Redução drastica  dos teores de DBO, nitrogênio, fósforo 
  • Atua como agente desinfetante nos efluentes sanitários;
  • Na indústria química, oxida os contaminantes orgânicos sem deixar residual, além de inibir odores e minimizar drasticamente o tempo de detenção hidráulica de uma estação de tratamento, economizando espaço, tempo e recursos.
  • Remoção da cor em efluentes têxteis, oxida corantes e a matéria orgânica dissolvida e formas coloidais neles presentes, restabelecendo a coloração natural do efluente que estão associadas à cor.
  • Na industria farmacêutica/química, reage com ompostos como fenóis, cloraminas, como hormônios, por exemplo, entre outros químicos. 

Além da aplicação em efluentes, também pode ser aplicado em estações de tratamento de água e sistemas de resfriamento/aquecimento, possibilitando água livre de incrustações e material orgânico além de não deixar residual, cor ou odor.

É utilizado como desinfetante substituto do cloro, pois é muito efetivo contra grande variedade de organismos patogênicos: vírus, fungos, bactérias e protozoários. O tratamento com o ozônio pode ser utilizado na maioria dos efluentes, sejam eles industriais, domésticos, hospitalares ou agrícolas.

Dada sua alta reatividade, o ozônio não pode ser armazenado e deve ser gerado in situ com emprego de oxigênio industrial ou ar atmosférico.

A O3R possui a mais alta tecnologia em geradores de ozônio, onde equipamentos robustos e modernos operam aliados ao que há de mais eficiente no pré e pós tratamento.

Para qualquer aplicação, certamente a O3R tem o equipamento ideal.